Perguntas e Respostas – FAQ

As amostras descolaram durante a coloração. O que fazer?
Ocorrem cinco situações possíveis para o descolamento:
1 – O tubo de centrífuga não foi vertido corretamente na etapa de descarte do sobrenadante ou não foi seco com papel absorvente, assim deixando excesso de líquido preservante dentro do tubo;
2 – Não foi pipetada a quantidade recomendada de Cellular Base (500 microlitros para amostras de rotina);
4 – A lâmina não estava adequadamente limpa. As lâminas vêm de fábrica com uma película de óleo de corte que deve ser retirada com álcool antes de sua utilização no Liqui-PREP. Remova as lâminas do álcool e deixe secar entre cinco e dez minutos antes de utilizar;
5 – A lâmina não foi corretamente seca depois de processada. Verifique o tempo de secagem e se as lâminas estão bem secas.

As células estão sobrepostas. O que fazer?
Ocorrem duas situações que podem gerar sobreposição das células:
1 – A amostra não foi corretamente homogeneizada no vortex após a adição do Cellular Base;
2 – Foi pipetada uma quantidade insuficiente de Cellular Base.
O Cellular Base funciona como uma cola e também como diluente da amostra. Quanto mais Cellular Base for adicionado mais dispersas as células ficarão na lâmina. Isso pode ser ajustado de acordo com a preferência do usuário.

Não há presença de células na lâmina. O que fazer?
A falta de células na lâmina ou baixa quantidade é resultante de uma coleta pobre. O processamento do Liqui-PREP é através de uma centrifugação total da amostra, que resulta em sua completa concentração no pellet, logo não há possibilidade de não haver células na amostra, excetuando coleta inadequada.

Por que o uso do vortex é importante?
Por dois motivos:
1 – Antes da amostra ser transferida para o tubo de centrífuga, deve-se fazer uma correta homogeneização desta. As cerdas da escova de coleta aderem mais às células endocervicais e é preciso soltá-las para que se tenha a presença destas no momento da avaliação da lâmina do paciente;
2 – Algumas amostras, após a centrifugação, deixam o seu pellet mais compacto no fundo cônico do tubo de centrífuga. Geralmente isto acontece com amostras muito carregadas de células e então é necessária, mais uma vez, a correta homogeneização e quebra da amostra compactada.

O que pode acontecer se a centrífuga não estiver na rotação adequada?
Se a centrífuga do laboratório estiver com rotação ou velocidade abaixo do recomendado, a amostra não formará um pellet suficientemente seco no fundo do tubo de centrífuga, assim restando uma quantidade maior de líquido preservante quando feito o descarte do sobrenadante. Isto prejudicará o correto funcionamento do Cellular Base, podendo ocorrer descolamento das células da lâmina durante o processo de coloração. Se a centrífuga estiver com rotação ou velocidade acima do recomendado, a amostra formará um pellet muito compacto no fundo do tubo de centrífuga e a quebra deste será mais difícil durante o processo de homogeneização da amostra.

Posso fracionar a amostra antes de fazer o processamento do Liqui-PREP?
Sim, pode. Isto é feito quando se pretende encaminhar uma parte da amostra para Biologia Molecular antes de processar a citologia com o Liqui-PREP. O frasco coletor possui volume de 10 ml de Preservative Solution, sendo que o processamento da citologia pode ser feito com 5 ml deste preservante com amostra coletada. Os outros 5 ml podem ser enviados diretamente ao setor ou ao laboratório que irá processar o teste de Biologia Molecular. Lembre-se apenas de homogeneizar a amostra antes de seu fracionamento.

Posso encaminhar a amostra para biologia molecular?
Sim, a amostra preservada no Liqui-PREP pode ser encaminhada para biologia molecular. Entre em contato com nossa assessoria científica e encontre o laboratório de apoio mais próximo a você capacitado para realizar testes de biologia molecular com a citologia líquida Liqui-PREP. A amostra pode ser encaminhada diretamente no frasco Liqui-PREP. Se esta amostra já foi processada para citologia será necessário um preparo para o envio que está no passo a passo.

Por quanto tempo a amostra fica preservada no Liqui-PREP?
O meio de transporte do sistema Liqui-PREP permite que as células não sofram qualquer alteração quando armazenadas por até 60 dias à temperatura ambiente sem exposição ao sol ou calor direto. Após este período as amostras ainda poderão ser analisadas se o tubo for guardado em geladeira de 2° a 8° C por até um ano. É importante realçar que o material não deve ser congelado.

Preciso utilizar corantes especiais para o Liqui-PREP?
Não. A citologia em meio líquido Liqui-PREP foi desenvolvida como um meio aberto para coloração, portanto pode ser utilizado qualquer corante comercial. No início dos trabalhos com o Liqui-PREP pode ser necessário adequar os tempos dos corantes. Lembre-se que a qualidade dos corantes influencia diretamente na qualidade das lâminas produzidas.

Voltar para a página inicial.